ACIARA, SEBRAE e Prefeitura discutiram a situação dos MEIs de Araguaína


31 de janeiro de 2019
ACIARA, SEBRAE e Prefeitura discutiram a situação dos MEIs de Araguaína

A associação se colocou à disposição para representar os novos empreendedores e trabalhar pela legalidade das atividades

O segmento dos Microempreendedores Individuais de Araguaína cresce ano após ano e por isso a Associação Comercial e Industrial de Araguaína – ACIARA, SEBRAE e Prefeitura Municipal de Araguaína se uniram para tratar da regulamentação destes profissionais e funcionamento dentro da legalidade.

O encontro aconteceu na sede da associação, no último dia 30, e também debateu a necessidade de acompanhar a situação de inadimplência de alguns MEIs e o respeito ao teto de faturamento do segmento para atuar em harmonia com outras classes empresariais.

 Incentivando a legalização

A ACIARA se colocou à disposição para representar e auxiliar os empreendedores.

“A nossa intenção é facilitar a legalização, ajudar todo mundo a crescer. A ACIARA quer representar esses microempreendedores que atuam dentro de Araguaína e trazê-los junto a nós, do SEBRAE e do município”, explicou a secretária executiva da entidade, Juliane Carneiro.

Unindo forças pelo desenvolvimento

O gerente regional do SEBRAE, Wolney Nóbrega, aproveitou a reunião para novamente explicar o que é o MEI, como funciona, vantagens, direitos e deveres, além de tirar as dúvidas do empresariado presente na reunião.

“Ficamos muito animados com a Aciara tendo a preocupação com essa classe empresarial e querendo conhecer cada vez mais como eles atuam, quais as principais dificuldades que eles têm e o que podemos fazer em conjunto para ajudá-los a se desenvolverem”, destacou Wolney.

O diretor de fiscalização da Prefeitura, Joaquim Rodrigues da Cunha, elogiou entidade pela iniciativa de promover a reunião. “É muito salutar todos se unirem para organizar as atividades, conversar e discutir as demandas, tudo em prol de uma Araguaína melhor”, finalizou.